- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Madrugadas serenas

Hélder Moutinho / Popular *fado mouraria* 
Repertório de Pedro Moutinho 

Os meus olhos que se perdem
Na cor dos das ondas do mar
São dois sonhos que se encontram
Nos sonhos do meu olhar

Tua boca, rosa agreste / Rosa negra dos caminhos
Que de amor por mim se veste / Quando ficamos sózinhos

Tua voz é primavera / Que me acorda neste outono
Ai meu amor, quem me dera / Nunca na vida ter sono

Os meus olhos são apenas / Duas estrelas nos céus
Que em madrugadas serenas / Rezam pelos olhos teus