- - - - - - - - - -

Canal de J.F.Castro em parceria com a Rádio Mira

Canal de J.F.Castro em parceria com a Rádio Mira
° Caro visitante, existe 1 minuto de interregno entre a identificação dos intérpretes °
Loading ...

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

As letras publicadas referem a fonte de extração, ou seja: nem sempre são mencionados os legítimos criadores.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Existem (pelo menos) 80 letras publicadas que não constam do índice. Caso encontre alguma avise-me, por favor.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

6.270 LETRAS PUBLICADAS /*/ 2.078.500 VISITAS /*/ MARÇO 2021

ATINGIDO ESTE VALOR /*/ QUE ME FAZ SENTIR HONRADO /*/ CONTINUO, COM AMOR /*/ A SER SERVIDOR DO FADO.

Pois mesmo desagradando // A "Troianos" maldizentes / Os "Gregos" vão apoiando // E vão ficando contentes

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Se não encontra a fado preferido // Envie, por favor, o seu pedido.

fadopoesia@gmail.com

- - - - - - - - - - - - - - - -

Pesquisa.

Até amanhã

Cátia Oliveira / Valter Rolo
Repertório de Inês Duarte


Não te via há tanto tempo já
Que amor lascado te trará por cá?
E eu que sofro de memória má
Respiro fundo e deixo p’ra lá

Espero sempre que este entra e sai
Termine e amanhã talvez
Se de novo o coração te cai
Quem sabe fiques de uma vez

Nós temos tudo p’ra dar certo
Pão e água e meio teto
Com vista aberta p’ró céu
Dizes que sou louca e não está certo
Que preferes o deserto
Do que chamar-te de meu

Mas fosse o que dizes verdade
Não te daria a saudade
Do meu cheirinho a maçã
Sei que um dia ainda é verdade
Hás-de voltar com vontade
Ao dizer até amanhã