Clicar na imagem !!!
* * * * *
As 5.260 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores !!!
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
POR FAVOR <> alerte-me para qualquer erro encontrado a fim de melhorar este tributo ao FADO <> OBRIGADO
<> Ninguém sabe tudo, ninguém ignora tudo, só todos juntos sabemos alguma coisa <> PAULO FREIRE
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* Por motivos alheios à minha vontade, o motor de busca nem sempre responde satisfatóriamente *
* A seleção alfabética é da responsabilidade da blogspot !!!
-------------------------------------------------------------------------
* Caso necessite de ajuda envie a sua mensagem para: fadopoesia@gmail.com *
* * * * *

Andas a rir

Fernando Farinha / José Maria Antunes
Repertório de Fernando Farinha

Vi-te ontem de madrugada
E meditei nos porquês / Da má sorte que te espreita
Ias a rir descarada
P’ra que eu pensasse talvez / Que vivias satisfeita

E nada mais foi preciso / Para me dares a certeza
Que escondes uma tristeza / Por detrás desse teu riso

Andas a rir, mas no fundo és infeliz
Não consegues enganar o que o teu coração diz
Andas a rir, mas nos teus olhos bem vi
Que não choras por teres medo que os outros riam de ti

Quiseste subir na vida
E abondonaste o teu lar / Julgando ser bom indício
Mas em vez duma subida
Em frente do teu olhar / Apareceu um precipício

Toda a pobreza trocaste / P’la riqueza e p’la vaidade
E agora sentes saudade / Da pobreza que deixaste