- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.515 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Fado anadia

Marques dos Santos / José Maria dos Cavalinhos
Repertório de Maria Teresa de Noronha


Eu sei que no céu profundo
Nunca brilhou minha estrela
Sinto que a vida do mundo
Jamais poderei vivê-la

Penso que a vida que vivo / Não passa duma ilusão
Pois não encontro o motivo / Do bater do coração


Creio viver sem ter vida / Viver vida sem alento
Tal como folha caída / Andando ao sabor do vento

Não quero sofrer a sorte / Nesta má sina contida
Prefiro pedir a morte / Que me leva á outra vida