- - - - -

- - - - -
<> Clique na imagem e oiça Fado <>
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.685 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Não tolero *fado mayer*

Linhares Barbosa / Armando Freire *fado mayer*
Repertório de Max

Foi má, não minto, falsa ruim, como a procela
Mas não consinto que ao pé de mim, digas mal dela

Foste banal, não se perdoa, não é decente
Dizer-se mal duma pessoa que está ausente

Não, não tolero
Nem espero trazer de novo à cena
A dor que ainda me dóis
Não foi nada contigo
Não, não tolero
A não ser qe tenhas pena
de não seres como ela foi
Para meu maior castigo

Tudo ruiu como um castelo feito de areia
Deves ter brio e não trazê-la à minha ideia

Agora é tarde para censuras, sabe-lo bem
Que Deus a guarde de desventuras e a nós também