<> Canal de Rádio criado em homenagem a RODRIGO <>
Clique na imagem e oiça a Rádio Bocas do Fado

<> <> <>
As 5.750 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.

<> <> <>
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa.
Paulo Freire *filósofo* 1921 <> 1997

<> <> <>
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Sem ti, sou palavra sem razão

Maria de Lourdes Carvalho / Ada Antunes Pereira
Repertório de Ada de Castro

É para ti, meu amor, este mais belo poema
Revestido de saudade na ternura de o escrever
Nesta boca sem sabor, os beijos ditam o tema
Dum amor que é verdade e é negado a viver

Longe de ti sou mais só
Sou corpo sem vibração
Sou alma mordendo o pó
Sou palavra sem razão
Sou o vazio de ti;
A distância infinita
Diário que ninguém leu
Palhaço rindo de si
Dimensão que me limita
Isto sem ti sou eu