- - - - - - - - - -

Canal de J.F.Castro em parceria com a Rádio Mira

Canal de J.F.Castro em parceria com a Rádio Mira
° Caro visitante, existe 1 minuto de interregno entre a identificação dos intérpretes °
Loading ...

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

As letras publicadas referem a fonte de extração, ou seja: nem sempre são mencionados os legítimos criadores.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Existem (pelo menos) 80 letras publicadas que não constam do índice. Caso encontre alguma avise-me, por favor.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

6.270 LETRAS PUBLICADAS /*/ 2.107.500 VISITAS /*/ ABRIL 2021

ATINGIDO ESTE VALOR /*/ QUE ME FAZ SENTIR HONRADO /*/ CONTINUO, COM AMOR /*/ A SER SERVIDOR DO FADO.

Pois mesmo desagradando // A "Troianos" maldizentes / Os "Gregos" vão apoiando // E vão ficando contentes

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Se não encontra a fado preferido // Envie, por favor, o seu pedido.

fadopoesia@gmail.com

- - - - - - - - - - - - - - - -

Pesquisa >

Salada de Portugal

Letra e música de José da Câmara
Repertório do autor 

Sonho talvez que a sorte chegou
Quando nasci por aqui
Ter o prazer de olhar para o Douro
Quando o Alentejo sorri

E pra comer e beber, basta pedir com jeitinho
O bacalhau vai cozer, vamos abrir um bom vinho
E pra comer e beber, basta pedir com paixão
As favas estão a ferver para aquecer o coração

Se está a apanhar um bom sol… é Portugal
O povo que passa e sorri… é Portugal
Se vê belas praias e campos… é Portugal

Daqui deste canto, partimos
Zarpamos sem medo, sozinhos
Apenas com a esperança e com fé
Trouxemos o que descobrimos
Foi difícil, mas conseguimos
Pôr todo este mundo de pé

Passo p’lo Minho descendo p’la Beira
Ribatejo é bestial
Em Trás-os-Montes eu estou à maneira
Algarve é fundamental

Sopa, ensopado ou tripas, uma feijoada brutal
As iscas venham bem fritas, arroz doce sem igual
Quem provar bem o sabor deste país divinal
Sente que é feito de amor e o tempero é Portugal

E neste quadro bem bonito
Não podia ficar esquecido
As mais belas ilhas da história
Açores e Madeira, são tal
Que fazem com que Portugal
Rume em direcção à vitória