- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.650 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Por te ver na procissão

Tiago Torres da Silva / Carlos da Maia *fado perseguição
Repertório de Jorge Morgado

Não posso cantar o fado
Se o meu coração parado
Deixou-me o peito vazio
Mas se ele bate, não sinto
E só canto por instinto
Se já não choro nem rio

No desejo de ir embora 
Sinto que a alma não chora / Só porque o fado a impede
E sei que o meu coração
Se bate, pede perdão / Se não bate, já nem pede

Por isso, sempre que eu canto
Nasce em mim um dia santo / E é nesta inquietude
Que ao pé do meu coração
Passa sempre a procissão / Da Senhora da Saúde

Ponham colchas nas janelas
Que ao passar em frente delas / Talvez o meu coração
Se lembre daquele dia
Em que sentiu alegria / Por te ver na procissão