- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.520 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Não és tu

Almeida Garrett / Alfredo Duarte *fado cravo*
Repertório de Carlos do Carmo

Era assim tinha esse olhar
A mesma graça o mesmo ar
Corava da mesma côr;
Aquela visão que eu vi
Quando eu sonhava de amor
Quando em sonhos me perdi

Toda assim; o porte altivo
O semblante pensativo / E uma suave tristeza
Que por toda ela descia
Como um véu que lhe envolvia / Que lhe adoçava a beleza

Era assim: o seu falar
Ingénuo e quase vulgar / Tinha o poder da razão
Que penetra, não seduz
Não era fogo, era luz / Que mandava ao coração

Mas não és tu... ai não és
Toda a ilusão se desfez / Não és aquela que eu vi
Não és a mesma visão
Que essa tinha coração / Tinha, que eu bem lho senti