- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.650 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Primeira vez

Mário Raínho / Frederico de Brito *fado azenha*
Repertório de Ana Moura

Primeiro, foi um sorriso
Depois, quase sem aviso
É que o beijo aconteceu;
Nesse infinito segundo
Fora de mim e do mundo
Minha voz emudeceu

Ficaram gestos suspensos
E os desejos imensos / Como poemas calados
Teceram a melodia
Enquanto a lua vestia / Nossos corpos desnudados

Duas estrelas no meu peito
No teu, meu anjo perfeito / A voz dos búzios escondidos
Os lençois, ondas de mar
Onde fomos naufragar / Como dois barcos perdidos