- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Improviso do amor-perfeiro

Cecília Meireles / Custódio Castelo
Repertório de Cristina Branco

Naquela nuvem, naquela
Mando-te meu pensamento
Que Deus se ocupe do vento

Os sonhos foram sonhados / E o padecimento aceito
E ondes estás, amor-perfeito?

Imensos jardins de insónia / De um olhar de despedida
Deram flor por toda a vida

Ai de mim que sobrevivo / Sem o coração no peito
E onde estás, amor-perfeito?

Longe longe, atrás do oceano / Que nos meus olhos se alteia
Entre pálpebras de areia

Longe longe, Deus te guarde / Sobre o seu lado direito
Como eu te guardava o outro / Noite e dia, amor-perfeito