- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.500 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Adeus a um amigo

Mário Raínho / Casimiro Ramos *fado freira ou fado oliveira*
Repertório de Fernando Maurício


Só nós dois é que sabemos
Quantos fados acendemos
Nas noites desta cidade;
O vendaval já passou
Mas a tua voz ficou
Na memória da saudade

Tu foste o cantor latino
Que começou de menino / A vaguear neste rio
Foste poema em renovo
Cantiga na voz dum povo / E hoje és lugar vazio

Com um cântico na mão
Romântico, meu irmão
/ Tu foste p'la vida fora
Foi hora de despedida
Fechou-se o palco da vida
/ O destino marca a hora