<> Canal de Rádio criado em homenagem a RODRIGO <>
Clique na imagem e oiça a Rádio Bocas do Fado

<> <> <>
Este espaço foi criado <> Com grande dedicação <> Por alguém que faz do fado <> A sua religião.

<> <> <>
As 5.845 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.

<> <> <>
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa.
Paulo Freire *filósofo* 1921 <> 1997

<> <> <>
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil <> Em caso de dificuldade não hesite em contactar <> fadopoesia@gmail.com

Somos do mar e do vinho

Letra e musica de Fernando Girão
Repertório de Ricardo Ribeiro

A nossa vida é tão chata e ficamos a pensar
Se merece mesmo a pena nós andarmos a penar

Eu escuto as palavras mas não vejo as acções
Temos muitas teorias mas não temos soluções

Depois bebemos um copo de aguardente
E a vida parece melhor
Somos da terra e do vinho, temos falta de carinho
E o futuro ainda pior

Mas se surgem os problemas enfrentamos de uma forma audaz
Nós já perdemos o medo, seja o que for tanto faz

Ah... a nossa vida
É um labirinto de paixões

Quem não fala com verdade, quem em si não acredita
Quem não joga o jogo certo só semeia a confusão