<> Canal de Rádio criado em homenagem a RODRIGO <>
Clique na imagem e oiça a Rádio Bocas do Fado

<> <> <>
Este espaço foi criado <> Com grande dedicação <> Por alguém que faz do fado <> A sua religião.

<> <> <>
As 5.845 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.

<> <> <>
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa.
Paulo Freire *filósofo* 1921 <> 1997

<> <> <>
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil <> Em caso de dificuldade não hesite em contactar <> fadopoesia@gmail.com

Às vezes

Letra e musica de Pedro Ayres Magalhães
Repertório de Ana Moura


Às vezes, quando te peço
Essas coisas que enfim, eu não mereço
Fico a olhar para ti e agradeço
Ter o que te pedi sempre que peço

E olha, às vezes penso
Penso que tu me queres, que eu te pertenço
Distraida de mim nada mais peço
Tenho do teu amor tudo o que eu quero

Aceita este pensar
Desperta tudo o que eu sou
Regresso ao teu amor
Depressa a ceeteza chegou

Adoras... amamos
Demoras... enganos
E ainda vou ser feliz nos braços do meu amor