- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.590 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

A minha saia

Ana Sofia Paiva / Jaime Santos *fado sevilha*
Repertório de Cristina Andrade

A minha saia tem folhos
È negra como a magia
Não lhe deites muito os olhos
Não è alecrim aos molhos
São pecados de alquimia

A minha saia tem manha / È uma raposa escarlate
Tem cuidado que ela estranha
Se desconfiar, arranha / Pode até ser que te mate

A minha saia è sublime / Bordei-a eu, a meu gosto
E se vesti-la for crime
Meu corpo não se redime / Só p'ra te dar um desgosto

Vou saír co'a minha saia / Não tenho religião
Comprida, por tão rodada
Esta saia è uma espada / 
Esta saia è uma oração