- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.500 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Madeira dos meus encantos

José Luis Gordo / Fontes Rocha
Repertório de Maria da Fé

Madeira minha madeira
Vestida de verde mar
Tens flores na cabeleira
E navios no teu andar

Paraíso de flores
Arco-íris da natureza
Onde Deus pôs tanto amor
Tanta ternura e beleza

Minha terra da minh’alma / Ai minha linda Madeira
Onde perco o meu olhar / Nas lonjuras desse mar
Que te veste a vida inteira
Quando a noite se ilumina / Por sobre as tuas colinas
Pões o teu manto de luz / Que a todo o mundo seduz

Madeira sempre menina

O teu chão é um tapete
De verde sempre bordado
Tens o doce do teu mel
Por sobre o corpo lavrado

É por isso que eu te canto
Até a voz me doer
Madeira, os teus encantos
Eu nunca mais vou esquecer