- - - - - - - - - -

Canal de J.F.Castro em parceria com a Rádio Mira

Canal de J.F.Castro em parceria com a Rádio Mira
° Caro visitante, existe 1 minuto de interregno entre a identificação dos intérpretes °
Loading ...

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

As letras publicadas referem a fonte de extração, ou seja: nem sempre são mencionados os legítimos criadores.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Existem (pelo menos) 80 letras publicadas que não constam do índice. Caso encontre alguma avise-me, por favor.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

6.270 LETRAS PUBLICADAS /*/ 2.078.500 VISITAS /*/ MARÇO 2021

ATINGIDO ESTE VALOR /*/ QUE ME FAZ SENTIR HONRADO /*/ CONTINUO, COM AMOR /*/ A SER SERVIDOR DO FADO.

Pois mesmo desagradando // A "Troianos" maldizentes / Os "Gregos" vão apoiando // E vão ficando contentes

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Se não encontra a fado preferido // Envie, por favor, o seu pedido.

fadopoesia@gmail.com

- - - - - - - - - - - - - - - -

Pesquisa.

Os teus recados

Manuela de Freitas / José Marques *Fado José Marques e/ou Piscalarete*
Repertório de Sara Correia
- - -
Esta melodia, sem a rima intercalar, deixa de ser Triplicado e passa a ser
Fado Piscalarete (ou) Fado José Marques

Tu querias me convencer
Que me bastava viver
Dos recados que mandavas
Só recados recebia
Não te falava nem via
Nem sabia onde é que andavas

As noites que não dormi / À espera, já não de ti
Mas de um recado qualquer
Pedi então que parasses / Que recados não mandasses
P’ra que eu pudesse esquecer

Para mal dos meus pecados / Tu mandavas mais recados
Indif’rente ao que eu pedia
E até hoje, sem parar / Continuas a mandar
P’ra que eu sofra o que sofria

Mas não te prendas comigo / Eu já nem sequer lhes ligo
Tantos anos já passados
E agora há um bom motivo / É que o homem com quem vivo
Acha graça aos teus recados