<> Canal de rádio criado em homenagem a RODRIGO <>
Clique na imagem e oiça Fados

<> <> <>
As 5.850 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.

<> <> <>
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa.
Paulo Freire *filósofo* 1921 <> 1997

<> <> <>
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil <> Em caso de dificuldade não hesite em contactar <> fadopoesia@gmail.com

O Chico da amendoeira

Òscar Martins Caro / António Joaquim Delgado da Silva
Repertório de Tony Quim

O Chico da Amendoeira / Comprou uma nova guiseira
Para o cavalo enfeitar
Porque vai com mais alguém / P’ra feira de Santarém
Onde vai toiros pegar

Leva a carroça pintada / De vermelho e enfeitada
Para lhe dar mais destaque
Aos amigos, diz até / Que a sua carroça é
Mais chique que um Cadillac

Lá vai o Chico da Amendoeira
Gemendo o fado ao som da guiseira
Lá vem lé vem, empoeirado
Todo arranhado, de Santarém

No regresso para baixo / Faz paragem no Cartaxo
Num tasco que ele conhece
Onde há uma pinga boa / Que já tem fama em Lisboa
E a alma dum morto aquece

Carroça cheia e arranca / Dali, até Vila Franca
P’ra mais um copo dobrado
E o cavalo que é picaço / Também bebe e troca o passo
Pois já vai tudo entornado