- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Fado louco

Manuel de Andrade / Custódio Castelo
Repertório de Cristina Branco

Num fado louco e vazio
Tracei um caminho frio
Que meus passos palmilharam
Andei por vales e montes
Bebi a água das fontes
Mas os meus lábios secaram

Vão nos meus olhos cerrados
Mundos lindos mas fechados / Sonhos de mentida ilusão
E os meus passos hesitantes
Vão perdidos mas distantes / Num trilho sombrio e vão

Louca fui, louca serei
E tão louca que nem sei / Quanta loucura há em mim
Este caminho sem Norte
É ânsia, poeira e morte / Silêncio, saudade e fim