- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.515 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Balada *Camané*

Edmundo de Bettencourt / Joaquim Campos *fado tango*
Repertório de Camané

Na rua da solidão
Sem alegrias nem dores;
Habita o meu coração
À espera dos seus amores
Meus amores onde estão?

Uns partiram sem querer / Andam perdidos alguns
Outros são meus sem os ter / Como se fossem nenhuns
Quando e como os posso ver?

Há castelos, há inimigos / Que não os deixam passar
Mas sei que não temem perigos / E sei que me ouvem chamar
Quero meus os seus castigos!

Da rua da solidão / Onde o sol mal chega às flores
Parte, vai, meu coração / Em busca dos teus amores
Meus amores vencerão