- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.590 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Alma do Ribatejo

Romeira Alves / Jorge Fontes 
Repertório de Fernando Maurício 

Ribatejo é aguarela
Que Deus criou com amor
É de todas a mais bela
Pintada p’lo criador

A campina, largo céu
De sacrifício e de glória
Onde um campino escreveu
A sua história sem história 

O campino... assim que o sol aparece
Erguendo ao céu uma prece, montado em seu alazão
É o arauto do eterno labutar
De quem procura encontrar a certeza de seu pão
E a campina... imensa a perder de vista
Vencida pela conquista do homem rude e valente
É um hino que a natureza criou
E que o campino gravou no seu peito eternamente 

Tem a campina o segredo
Duma epopeia sagrada
Homens que lutam sem medo
E que dão tudo por nada 

O segredo do valor
Do homem simples e são
Que conquista sem temor
A terra, a vida e o pão