- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - - - -
As 5.440 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os
- - - - -
Ninguém sabe tudo, ninguém ignora tudo, só todos juntos sabemos alguma coisa <> PAULO FREIRE *filósofo*
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Velho cantor

Letra e musica de Sérgio Godinho
Repeertório de Carlos do Carmo

Eu sei que o teu isqueiro é talvez de contrabando
E a chama dos teus olhos já quase não se vê
Mas serás tu que acenderás as velas, para quando
Cantarmos noite fora o *parabéns a você*

Não sei que aniversários outrora festejamos
Em noites de boémia e cabeça perdida
O certo é que passados os tumúltos, aqui estamos
Exepto alguns que a morte já levou de vencida

Velho cantor, foi também graças a ti
Que me fiz homem de cantar
Se a madrugada hoje me trouxe junto a ti
Foi para te abraçar

E tu, ferido da vida, por vielas trespassado
Olhando p'ro abismo que outros chamam miradouro
Permite que te lembre que cantavas bem o fado
E no fim gargalhavas mostrando um dente de oiro

Teu fado era feito p'ra se ouvir de muito perto
E eu arregalava os meus espantos de criança
Um peixe dentro de água, não estaria mais liberto
Por isso hoje navego com o teu leme na lembrança