- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.650 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Quadras ao Tejo

Maria Manuel Cid / Popular *fado das horas*
Repertório de Joana Amendoeira

Por ali é que passa o Tejo
E eu a vê-lo passar
Pelo Tejo, o Ribatejo
Manda saudades ao mar

O barrete dos campinos / Feito de pano ordinário
Fazem-me lembrar os sinos / Como o badalo ao contrário

Eu vi um lenço enramado / Airoso, roubar um beijo
Ao teu calção de montado / Pela feira do Ribatejo

Vi tanta coisa de estalo / Que ao fim da tarde, acredita
Vi sorrir o meu cavalo / P’rá mula do Zé da Guita