Clicar na imagem !!!
* * * * *
As 5.260 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores !!!
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
POR FAVOR <> alerte-me para qualquer erro encontrado a fim de melhorar este tributo ao FADO <> OBRIGADO
<> Ninguém sabe tudo, ninguém ignora tudo, só todos juntos sabemos alguma coisa <> PAULO FREIRE
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* Por motivos alheios à minha vontade, o motor de busca nem sempre responde satisfatóriamente *
* A seleção alfabética é da responsabilidade da blogspot !!!
-------------------------------------------------------------------------
* Caso necessite de ajuda envie a sua mensagem para: fadopoesia@gmail.com *
* * * * *

Distante primavera

Heldér Moutinho / Alfredo Duarte *fado versículo*
Repertório de Marco Oliveira


Porque não oiço no ar a tua voz
Entre brumas e segredos escondidos
E descubro que o silêncio entre nós
São mil versos de cantos esquecidos

Porque não vejo no azul escuro da noite
Nas estrelas, esse brilho que é o teu
E procuro a madrugada que me acoite
Num poema que não escrevo, mas é meu

Olha o vento que se estende p’lo caminho
E ensaia a tua dança de voar
És gaivota que só chega a fazer ninho
Quando o tempo te dá tempo para amar

Mas também se perde o tempo que se tem
P’ra gastar só quando chega a primavera
Veste um fado de saudade amor, e vem
Que é inverno mas eu estou á tua espera