- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

De homem para homem

Nóbrega e Sousa / Jerónimo Bragança
Repertório de Tony de Matos

De homem para homem venho dizer-te
Que não me importo de ver-te

Com ela, de braço dado;
De homem para homem

Tu deves compreender
Que nem eu posso esquecer

Nem ela esquece o passado

Tu só repetes palavras minhas
Os seus desejos já foram meus;
E os beijos que ela te dá

Deixei-os lá, não são teus
Palavras ternas que ela te diga
Já eu lhas disse, já lhas ouvi;
Tens tudo em segunda mão
Só é teu o que eu perdi