- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Menina do rés-do-chão

José Pereira / Filipe Pinto *fado caveira*
Repertório de Manuel Cardoso Menezes

Menina do rés-do-chão
Não tenha a janela aberta
Olhe que o meu coração
Anda sem morada certa

Parece-me um desafio / Nem sei como a tal se atreve
Ao coração que é vadio / Qualquer morada lhe serve

Menina do rés-do-chão / Veja lá, tenha cautela
Não abra o seu coração / Como abre a sua janela

É prova que desconcerta / Mas confesso, acho piada
Ter sempre a janela aberta / E a porta sempre fechada

Nem rés-do-chão, nem andar / Me servem p’ra habitação
O que eu preciso é morar / Dentro do seu coração