- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.590 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Que fazes aí, Lisboa

Mário Gonçalves / Arlindo de Carvalho
Repertório de Vasco Rafael

Que fazes aí, Lisboa
De olhos fincados no rio
Os olhos não são amarras
Para prender o navio

O barco que ontem partiu
Partiu e não volta mais
Chora lágrimas de pedra
Em cada esquina do cais

Lisboa, velha Lisboa
Mãe pobre á beira do rio
Seja o xaile dos eus ombros
O orgulho do teu frio