- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.590 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Filho noite

José Luís Gordo / Franklim Godinho *fado franklim*
Repertório de Artur Batalha

Sou da noite um filho noite
E traga a noite na alma
Na pele, o sangue das mãos;
As estrelas são mais fortes
Parecem dar outros nortes
Ás ruas do coração

É a noite que me serve
De refúgio aos sofrimentos / Que a memória quer esquecer
A razão nada de deve
Sou filho dos pensamentos / Sem vozes de eu entender

É a noite que me cobre
Com seu manto de negrura / Os sentidos dos meus passos
Que loucos, como dois pobres
Querem esquecer a ternura / Que tive nos teus abraços