- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.590 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Cor de lua

Susana Aguiar / Carlos Gonçalves
Repertório de Mísia

Sem fados que me ensinem a viver
Sem xaile que me abrace neste frio
Sem mar para chorar até esquecer
Sem casa com janelas e navios

Vou andando parada pelas ruas
Não sou nenhum dos nomes que me chamam
Sou só um pano escuro, cor de lua
Um fado triste, quando alguém me ama

Sem fundo este lago de saudade
Sem fim esta vertigem repetida
Sem velas no altar da realidade
Sem cruzes que me salvem desta vida