- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.520 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Orfãzita

Francisco Radamanto / Jaime Santos *fado macau*
Repertório de Alfredo Marceneiro

Ficara triste a orfãzita
Triste sete anos de vida
Tão airosa e tão bonita
Toda de luto vestida

Mas disse-lhe um dia o pai / Vives aqui tão sózinha
E o teu paizinho vai / Dar-te uma outra mãezinha

Outra mãe não pode ser / Nós temos uma só mãe
Morreu e se outra vier / Eu quero morrer também

Um dia, a outra chegou / Toda a gente em festa linda
Só a pequena chorou / Sózinha, mais orfã ainda

E triste, devagarinho / Sem dizer nada a ninguém
Foi procurar um cantinho / Na sepultura da mãe