Caro visitante, existe 1 minuto de interregno entre a identificação dos intérpretes.
Loading ...

Por questões de funcionalidade, existem índices divididos em 2/3 colunas.

Os Fados de Coimbra bem como os Fados Humorísticos estão em colunas próprias.

Procure a letra do Fado * Pelo título correto * E veja aqui publicado * O seu Fado predileto.

Se não encontra o Fado preferido // Envie, por favor, o seu pedido.

6.000 Publicações <> 1.750.000 Visitas <> Maio 2020

-

Lá está ela

Mário Rainho / Paulo Jorge de Freitas
Repertório de Marina Mota

Lá está ela olhando rio / Lá está ela olhando o mar
A ver partir um navio / Com saudades de voltar

Lá está ela olhando rio / Lá está ela olhando o mar
Só não chora quem não viu / Os seus olhos a chorar

Lisboa chora sempre ao fim da tarde
Num soluço sem alarde
Ao fim dum dia cansado
Lisboa quando a anoitece, em saudade
Chora outro tempo, outra idade
Nos versos de qualquer fado

Lisboa, tem olhos cheios de mar
Quando os põe a navegar
No mar dum sonho profundo
Lisboa chora sempre que é preciso
Mas também tem o sorriso
Mais bonito deste mundo

Lá está ela olhando o rio / Como um barco sem ter rota
O mar é um desafio / Prós seus olhos de gaivota

Lá está ela olhando o rio / Lá está ela olhando o mar
Tanto sonho fugidio / Tem Lisboa num olhar