<> Canal de Rádio criado em homenagem a RODRIGO <>
Clique na imagem e oiça a Rádio Bocas do Fado

<> <> <>
As 5.760 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.

<> <> <>
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa.
Paulo Freire *filósofo* 1921 <> 1997

<> <> <>
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Fiz do fado a minha sorte

Agostinho Mendes / Georgino de Sousa *fado georgino*
Repertório de Cidália Moreira

Fiz do fado a minha sorte
Nele trago o meu sentido
E a razão do meu viver;
Fado amigo, és o meu norte
E desabafo contigo
As mágoas do meu sofrer

Se a nostalgia me invade
Dele faço a minha amarra / P'ra aliviar meu castigo
E então, oiço a saudade
A carpir numa guitarra / Como que a chorar comigo

Faz-me sempre companhia
Nas horas boas e más
/ Vive comigo, a meu lado
E assim vivo dia a dia
Que só a morte me faz / Separar de ti meu fado