- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.520 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Rapsódia do fado que ninguém quer

Tiago Torres da Silva / Rapsódia de músicas
Repertório de Marco Rodrigues

Fado Alvito > Jaime Santos
Quem entrega a alma ao fado
Precisa de ter cuidado / Com cada coisa que sente
Porque se o fado a aceita
A alma pouco aproveita / Da vida que tem à frente

Fado Georgino > Georgino de Sousa
Quem entrega ao fado a alma
Precisa de andar com calma / Sem fazer muito alarido
Pois sempre que o fado a quer
Toma a alma por mulher / Mas não se faz seu marido

Fado Pedro Rodrigues
Quem ao fado a alma entrega
À noite nunca sossega / Dos p’rigos que o fado traz
Abre as portas à desgraça
Porque essa noite não passa / Quando o fado se desfaz

Fado sem pernas > Estevão José Machado
Mas quando um fadista canta / A noite que estava fria
Vai aquecer-se à garganta / De uma nova melodia

Fado sem pernas > Estevão José Machado
Mas quando um fadista sente / O Sol vai perdendo o medo
E planta dentro da gente / Um dia que vem mais cedo

Fado corrido > Popular
Mas quando um fadista chora / As suas dores mais secretas
Pára o tempo e nessa hora / Choram todos os poetas

Fado corrido > Popular
Mas quando um fadista prende / A alma de uma mulher
É a guitarra que entende / O fado que ninguém quer