- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.590 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Campino de Portugal

José Maria Antunes / Artur Ribeiro
Repertório de Fernando Farinha

Sobre o verde da campina, no seu cavalo montado
No céu azul recortado como uma estátua divina
Campino, quando te vejo, vejo surgir o passado
Quadro imenso pintado pelo sol do Ribatejo

Campino de Portugal
Ergue bem alto o pampilho
Corre atrás desse novilho que vai fugir do cercado
Campino de Portugal
Tu serás sempre o primeiro
Quer no fandango ligeiro, ou numa espera de gado

Correndo num desatino, passa um toiro tresmalhado
Mais um colete encarnado sobre o dorso dum campino
De vara larga apontada porque é preciso amansá-lo
Montado no seu cavalo, leva o toiro p’ra manada