- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.590 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

O silêncio da guitarra

José Luís Gordo / Francisco José Marques *fado zé negro*
Repertório de Mariza

O silêncio da guitarra
Que à minha alma se agarra
Como se fora de fogo;
Em meu peito se demora
Que a alegria também chora
E apaga tanto desgosto

Este silêncio do Tejo
Sem ter boca para um beijo / Nem olhos para chorar
Gaivota presa no vento
Um barco de sofrimento / Que teima sempre em voltar

Lisboa, cais de saudade
Onde uma guitarra há-de / Tocar-nos um triste fado
Quando a alma se agiganta
A tristeza também canta / Num pranto quase parado