- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.515 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Recordações do passado *Portuguesinha*

José Ramos / M. Confiner
Repertório de Filipe Duarte

Fui um dia á Mouraria / P'ra recordar o passado
Já pouco dela existia / E já nem havia fado

E a velhinha capelinha / Da Senhora da Saúde
Lá estava, toda branquinha / P'ra rezarem com virtude

A Mouraria tem sempre a fama
De quem é raínha, mãe do fado dessa era
Por isso agora é um grande símbolo de fé
Tem o brasão e o coração da Severa

Tem velhas recordações / A velhinha Mouraria
Cantavam lindas canções / Cheias de amor, nostalgia

E foi então que eu vi / Que tinha acabado o fado
Por isso logo senti / A saudade do passado