- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.590 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

No sopro desta voz

Fernando João / Alfredo Marceneiro
Repertório de Mané Santos

No sopro desta voz que por ti vai cantando
Há vestígios marcando um sonho já desfeito
No sopro desta voz que se vai lamentando
Há versos limitando o meu amor perfeito

No sopro desta voz desenham-se poemas
Rimando singeleza com pétalas de flor
No sopro desta voz há razões bem supremas
Que mantêm acesa a chama do amor

No sopro desta voz que por ti se levanta
Há marcas de prazer inventando paixão
Vamos ouvindo a sós uma alma que canta
E vamos conhecer a voz do coração