- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Estranha vontade

João Monge / João Gil
Repertório de Ana Sofia Varela

Negro é o meu vestido
Tem da noite o seu encanto
Faz reelçar o sentido
Do sentimento contido
Nas outras cores que canto

O fado não é razão
Que dê o saber aos sábios
É como a respiração
Nasce ao pé do coração
E morre á porta dos lábios

Onde mora esta ansiedade
Que domina a minha voz
Deve morrer na saudade
Ou então é a vontade
De alguém maior do que nós