- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.650 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Partida

Mário de Sá Carneiro / Fernando Tordo
Repertório de Carlos do Carmo ?

Ao ver escoar-se a vida, humanamente
Em suas águas certas, eu hesito
E detenho-me ás vezes na torrente
Das coisas geniais em que medito

Afronta-me um destino de fugir
Ao mistério que é meu e me seduz
Mas logo me triunfo, a sua luz
Não há muitos que a saibam reflectir

A minha alma nostálgica de além
Cheia de orgulho, ensombra-se entretanto
Aos meus olhos ungidos sobre um pranto
Que tenho á força de sumir também

Porque eu reajo, a vida, a natureza
Que são para o artista? coisa alguma
O que devemos é saltar a bruma
Correr no azul á busca da beleza