Clicar na imagem !!!
* * * * *
As 5.270 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores !!!
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
POR FAVOR <> alerte-me para qualquer erro encontrado a fim de melhorar este tributo ao FADO <> OBRIGADO
<> Ninguém sabe tudo, ninguém ignora tudo, só todos juntos sabemos alguma coisa <> PAULO FREIRE
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* Por motivos alheios à minha vontade, o motor de busca nem sempre responde satisfatóriamente *
* A seleção alfabética é da responsabilidade da blogspot !!!
-------------------------------------------------------------------------
* Caso necessite de ajuda envie a sua mensagem para: fadopoesia@gmail.com *
* * * * *

Morreu um poeta

Rui Manuel / Vital d'Assunção
Repertório de Chico Madureira

Silêncio...

Hoje morreu um poeta
E a carne morreu esquecida
Como esquecida viveu
Silêncio...

Hoje morreu um poeta
Que espalhou rimas de vida
Nos poemas que escreveu


Fez rimar terra com pão / Emigrante com fronteira
E rimou humilhação / Com repulsa e bebedeira

Fez um terço de poesia
/ Bem na ponta dos seus dedos
Rimou dôr com alegria
/ E criança com brinquedos

Fez rimar ponte com rio / Pescador com tempestade
Rimou estiva com navio / Grilhetas com liberdade

Na inspiração maior
/ Que um verso pode conter
Rimou amor com amor
/ E ternura com mulher