- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.515 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Com razão

Guilherme Pereira da Rosa / Popular
Repertório de Fernanda Maria

Dia a dia vai um dia
Desde o presente ao passado
E de tudo quanto havia
Agora há apenas fado

Fado a falar de saudade / De coisas que já lá vão
Daquilo que foi verdade / E dói no meu coração

Um fado que diz á gente / Que não há ninguém sincero
Não lhe quero quando mente / Sendo assim, como lhe quero

Quero e bem, sem ter razão / Com razão queria-lhe mal
Em coisas do coração / Não há razão, afinal