- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.520 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Por sombras me dei à luz

Jorge Fernando / Fábia Rebordão
Repertório de Fábia Rebordão e Lura

Sou tudo o que tenho e assim
Trago a alma em sossego e sei
Que quanto eu assim mais der de mim
Mais recebo do que dei

Se por sombras me dei á luz
Cruzei-e como a cruz
Sem julgar quem foi pregado em mim
Faz de mim a tua sorte e então
Há um cansaço á beira fim

Sou tudo o que resta amor
Um restar, um desafio e após
Sou um consumar da tua dor
Se pensares em ti sem nós