As 5.205 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores !!!
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
<> POR FAVOR, alerte-me para qualquer erro que encontre <>
<> Ninguém sabe tudo, ninguém ignora tudo, só todos juntos sabemos alguma coisa <> PAULO FREIRE
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* Por motivos alheios à minha vontade, o motor de busca nem sempre responde satisfatóriamente *

* A seleção alfabética é da responsabilidade da blogspot !!!
* Caso necessite de ajuda envie a sua mensagem para: fadopoesia@gmail.com *
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


Fado intervenção

João Gigante Ferreira / Tino Flores
Repertório de Helena Sarmento

São de fome e de marfim
Estes olhos moribundos
Uma terra e tantos mundos
No mundo que existe em mim

Deitados no pó da morte / Sem ter Deus por companhia
Sempre noite em pleno dia / Este-oeste, sul ou norte

É da guerra que te canto / E da fome que há no mundo
É deste sofrer profundo / Que do mártir faz um santo

Santo inútil e gelado / As botas marchando a par
Eco de armas de matar / Com sangue, escrevendo fado

Se canto do coração / Um sofrer habituado
Dizem que é pequeno o fado / O fado do coração

Eu também existo em mim / Se morro também sou eu
E a morte é sempre um breu / Sem asas de Serafim

Que cante um fado de guerra / Que cante o do coração
É sempre de intervenção / Se a voz me sabe a terra