- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.500 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Outra boa noite

Letra e musica de Diogo Clemente *fado diogo*
Repertório de Raquel Tavares

Boa noite à solidão
Disse um dia quem me disse 

Que a saudade é uma espera
Dava o tempo e a razão
P'ra que a vida me despisse

A saudade que me dera

Porque mais do que a vontade
Mais que a sede dos meus dedos / De hoje em ti eu me perder
São os braços da saudade
Que se perdem nos meus medos / No meu corpo a anoitecer

Que a cada beijo que a vida
Me fez dar à solidão / Como um amor que não conheço
Deu-me a voz da despedida
Que é muita mais que a razão / E que é voz de que m'esqueço

Boa noite, noite fria
Digo às horas de amargura / Que se estendem noite fora
Boa noite: disse um dia
Quem sentiu da noite escura / A tristeza dessa hora