- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Cantadeira castiça *Ouvi falar dela*

Carlos Conde / Carlos da Maia *sextilhas*
Repertório de Fernando Maurício

Não sei se ouviram falar
Na cantadeira castiça
Que por loucura ou rotina;
Só gostava de cantar
Á luz trémula e mortiça
Dum candeeiro de esquina

Foi ali que certo dia
Numa nesga de travessa / Uma saudade ficou
Ali perdeu a alegria
Ali morreu a promessa / Dum amor que não voltou

E a mulher que foi outrora
A cantadeira castiça / Segue hoje nova rotina
Já não canta, apenas chora
Á luz trémula e mortiça / Dum candeeiro de esquina