<> Canal de Rádio criado em homenagem a RODRIGO <>
Clique na imagem e oiça a Rádio Bocas do Fado

<> <> <>
Este espaço foi criado <> Com grande dedicação <> Por alguém que faz do fado <> A sua religião.

<> <> <>
As 5.845 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.

<> <> <>
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa.
Paulo Freire *filósofo* 1921 <> 1997

<> <> <>
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil <> Em caso de dificuldade não hesite em contactar <> fadopoesia@gmail.com

Minha terra está sangrando

João dias / Raúl Silva
Repertório de Rodrigo

Minha terra está sangrando
As aves morrem de pena
Mais penas tem quem cá mora;
E os dias que vão passando
Dizem á boca pequena
Que até o silêncio chora

Em meu corpo vem morrer
Uma brisa de loucura / A culpa de não ser grito
Este jogo é de perder
Sem um gesto de aventura / Cativo de um chão restrito

Orfãs de lua e de estrelas
As noites vestem de luto / Por madrugadas chorando
O vento recusa as velas
Esperanças não as escuto / Minha terra está sangrando