- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.590 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Eles e eu

Carlos Conde Alfredo Duarte *fado louco
Repertório de Fernando Maurício

Porque sou franco e sincero
Nem com todos bem me dou
Mas para ser como quero
Só quero ser como sou

Sei que não sei ofender / Nem as ofensas tolero
Digo o que teno a dizer /
Porque sou franco e sincero

Sei bair os maus intuitos / E o bom caminho onde estou
Embora me dê co muitos /
Nem com todos bem me dou

Fujo ao que muitos preferem / No seu louco desespero
Não p’ra ser como eles querem /
Mas para ser como quero

Foi com amigos leais / Que nunca a fé me feltou
Não preciso de ser mais / Só quero ser como sou