- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.515 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Saudade das saudades

António de Bragança / José António Sabrosa *fado anadia*
Repertório de Maria Teresa de Noronha


Cansada de ter saudade
Tudo fiz para esquecer
E hoje tenho saudade
De saudade já não ter

Sem força p’ra suportar / A minha fatalidade
Ajoelhei a rezar / Cansada de ter saudade


Roguei a Deus dar-me a sorte / Esta vida até morrer
Essa saudade de morte / Tudo fiz para esquecer

Foi minha prece atendida / Por Deus na sua bondade
Como estou arrependida / E hoje tenho saudade

Castigo p’ra quem não pensa / Quem não sabe o que é sofrer
Pois sinto saudade imensa / De saudade já não ter