- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Fado das horas

D. António de Bragança / Popular *fado das horas*
Repertório de Maria Teresa de Noronha

Chorava por te não ver
Por te ver eu choro agora
Mas choro só por querer
Por querer ver-te a toda a hora

Passa o tempo de corrida / Quando falas eu t'escuto
Nas horas da nossa vida / Cada hora é um minuto

Quando estás ao pé de mim / Sinto-me dona do mundo
Mas o tempo é tão ruim / Tem cada hora um segundo

Deixa-te estar a meu lado / E não mais te vás embora
P’ra meu coração coitado / Viver na vida uma hora