- - - - -

- - - - -
<> Clique na imagem e oiça Fado <>
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.650 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Sou povo como tu, amor

Vasco de Lima Couto / Miguel Ramos *fado margaridas*
Repertório de Beatriz da Conceição

Sou tão do povo como tu, amor
O mesmo desejar a maresia
O mesmo desprezar aquela côr
Que faz o nosso amor durante o dia

Sou tão do povo de que tu me falas
Quando me afastas e me dás um nome
Também me calo quando tu te calas
Também sofro o deserto desta fome

A tua angústia é tão igual á minha
No ar em que respiras e te encantas
Que a mesma voz em nós os dois caminha
E canto a mesma língua que tu cantas